sábado, 27 de novembro de 2010

Uma Resposta ...

Postado por Fay.Z às 20:14
Salamat Irmãs,

    Uma resposta, para a ignorância, para aqueles que gostam de odiar e que por falta de conhecimento se recusam a conhecer o Islam.
    Recebi a dois dias atrás um comentário que dizia :

- cris godefroy disse...

    Ridiculas, tentando acabar com todo trabalho que tivemos ate agora por direitos de nos mulheres, ai vem esse povo com essa religiao de merda, essa cultura de merda que nao da direito a nada, espero que nunca meu pais seja contaminado por essa porcaria que so traz atrazo e confusao por todo pais que essa religiao idiota toma espaço, fiquei triste de descobrir que existe um blog desse tipo.
 
    Então peço Irmãs que contribuam com suas declarações que explique qual é a visão do Islam referente a Mulher.
A união faz a força ;)

    Aqui vai a minha contribuição:

    O Islam desde que foi enviado deu direitos a mulher, deu direitos a mulher como: Direito e dever de estudar, direito a voto, posse de terras, escolher com quem vai casar e decidir por si mesma. Ou seja todo o trabalho que as mulheres tiveram como Cris Godefroy diz,  Allah nos deu. E a propósito me cubro e uso o Hejab pois foi eu que optei, uso o hejab pois sou Livre.

    '' A quem praticar o bem, seja homem ou mulher, e for fiel, concederemos uma vida agradável e premiaremos com uma recompensa, de acordo com a melhor das ações.''  (Alcorão Sagrado 16:97)
    e o Profeta Muhammad (SAWS) disse:
    ''A procura do conhecimento é um dever para todos os muçulmanos'' e também
    E ainda acrescentou:
    ''Procurem a sabedoria do berço até o túmulo.''
  
sugestão de Site esclarecedor e fonte:
http://www.mulhermuculmana.hpg.com.br/entrada.htm 

Fay.Z

36 comentários:

Maddah on 27 de novembro de 2010 21:02 disse...

O islam valoriza a mulher, e não a espõe como mercadoria de desejo masculino

Maari on 28 de novembro de 2010 05:31 disse...

Toda essa superproteção do Islam com a mulher só nos faz bem, e não estamos incomodadas com isto! É uma pena que quem vê de fora pensa que é ruim, não sabem o que perdem!

HIJAB CEARÁ on 28 de novembro de 2010 06:03 disse...

O que responder para essa pessoa???? Huum estou pensando, não por que eu não saiba o que falar, mas por que para se falar com ignorantes temos que nos reportar ao universo dos ignorantes e para que não é ignorante é algo complicado e dificil, pois teremos sempre uma liguagem mais culta e elevada.
Como diz um sabio islamico melhor debater com 150 outros sábios que debater com o 1 único ignorante.
Sabe por que essa frase do sábio, por que um outro sábio poderia argumentar e debater de igaul para igual, ja um ignorante nunca se consegue debater , pois ele sempre sera um ignorante.
O Islam e suas leis serviu de ponte para todas as leis criada pela sociedade moderna e contemporânea. A mulher nbo Brasil, tão considerada moderna so veio ter o direito ao foto em 1945, ao divórcio em meador dos anos 50,e hoje ela tem apenas a ideia ilusória de liberdade, pois tem que trabalhar para sustentar a familia, que foi abandonada pelo marido,ou por que o marido é um alcoolatra, um escorão, que vive do dinheiro dela e ainda a trai, e ela alem de trabalahr na rua, chega em casa tem que lavar, passar, cozinhar e ver as tarefas do filho, por que o " marido" ja faz muito em ter que atura-la .
Então falar o que né!!!!

Salwa on 28 de novembro de 2010 09:13 disse...

O fundo do meu coração diz que a gente não deveria explicar absolutamente nada a pessoas ignorantes como esta que mandou esse comentário, deveriamos deixá-la morrer a mingua em sua ignorância... mas vamos lá:

Senhora, O que exatamente as mulheres ocidentais conquistaram? Serem prostituídas pelas mídia e por essa cultura que explora o físico da mulher, a expõe como um mero pedaço de carne numa vitrine de açougue? A diminui como ser humano e simplesmente menospreza oque ela pode pode oferecer com seu intelecto?
Aliás, podemos chamar isso de cultura? Parece mais a idade média!!!

As mulheres que você diz não conquistaram nada, digamos que as belas e de corpo torneado tenham conquistado a atenção masculina, e as outras? que não são tão bonitas assim? Conquistaram oque mesmo? a indiferença da sociedade apodrecida ocidental!!!

Com o Advento do Islam, as mulheres consquistaram RESPEITO E DIGNIDADE aliás você sabe o que é isso?

O Islam valoriza a mulher pelo que ela é, pelo seu intelecto, carisma, educação... a valoriza como ser humano, como mãe como esposa, como filha! E não como um obejeto do sexo!

Um homem muçulmano ao escolher a sua futura esposa, a escolhe pela sua virtude diante da religião, pelo seu recato e por qual dará a melhor educação aos seus filhos!
No ocidente se escolhem namoradas e esposas pelo seu físico atraente!!! ou estou enganada?

O Islam dá as mulheres reias direitos, e muito mais importantes e valorizados do que esses direitos que a sociedade ocidente supostamente deu as mulheres.

Aconselho que você seja digna de colocar de lado, quiçá por alguns instantes seu pré-conceito sobre o Islam e os muçulmanos, e principalmente sobre o papel da mulher no Islam e numa sociedade Islâmica e leia o conteúdo que se encontra neste link:

http://www.religiaodedeus.net/papel_da_mulher_no_islam.htm

e saiba que todas estaremos sempre dispostas a tirar qualquer dúvida e aceitar tuas desculpas quando estiver ápta a pedir.

Que Deus lhe dê sabedoria e lhe oriente ao caminho dos justos!

Paz!

Maryam Pinto on 28 de novembro de 2010 09:15 disse...

EL ISLAM DIGNIFICA A LA MUJER SACANDOLA DEL PUESTO OCCIDENTAL DONDE ES CONSIDERADA UN OBJETO SEXUAL!!!
'' Os homens são os protetores das mulheres, porque Deus dotou uns com mais (força) do que as outras, e pelo o seu sustento do seu pecúlio.'' ( Alcorão Sagrado 4:34 )
Em uma sociedade muçulmana o marido tem a completa responsabilidade de sustento de sua família, o que a esposa ganha ou possui ficam com ela.
A mulher tem seu domínio de casa onde ela tem a iniciativa, mas ela tem que considerar o marido como o responsável dos assuntos gerais da família...
Yo personalmente no volveria a mi estilo de vida anterior por nada del mundo Allah puso luz en mi camino y me libro del pensamiento occidental en el cual me crie. SOY PARAGUAYA CONVERTIDA AL ISLAM DE LO CUAL ME SIENTO ORGULLOSA

Regina on 28 de novembro de 2010 09:37 disse...

Não entendo, claramente, qual trabalho "nós tivemos", afinal de contas nem vc nem eu estavamos lá onde vc cita. As conquistas feministas podem ter do ponto de vista de alguns um avanço inimaginavel para as mulheres, mas contem, dentre outros, um erro fatal: buscar a igualdade entre os sexos. No Islã nos temos a equidade, que é bem mais inteligente e vantajosa.
outra coisa, nos nao somos obrigadas a fazer nada que nao nos seja interessante. vc confunde claramente questoes etnico culturais com o islã. se vc nao esta de acordo, nao ofenda as pessoas, afinal de contas a nossa cultura é excelente ne?? com o desrespeito e a imoralidade sendo passada "guela abaixo" das familias todos os dias... vc por um acaso ja morou num lugar que tenha 'essa cultura de merda' como vc diz??? provavelmente nao. com quantas muçulmanas vc ja conversou??? sabia que sou muçulmana, estudo Física e nao me sinto melhor nem pior que outras poucas mulheres que estudam comigo so pq nao bebo, nao namoro, nao como carne de porco, uso veu, roupas largas, nao saio por ai me oferecendo a homens que passam na rua e nem saio achando que é de minha obrigação ser igual aos homens, dando conta de relacionamentos e familias que nao construi sozinha...
Nao ofenda uma cultura, uma religiao que vc nao conhece. nossa intenção nao é incomodar ninguem, nem tomar o mundo, nos apenas adoramos a Allah, e somente isso. fazemos de tudo que for possivel para viver em paz com outras culturas e religioes, mas ninguem gosta de ser ofendido. se vc nao concorda, de sua opiniao de maneira decente, com as palavras adequadas, sem agredir quem nao tem nada a ver com sua falta de educação. se no seu circulo de convivencia as pessoas usam esses termos sujos, eu sinto por vc, por nao poder vivver com toda tranquilidade que nos vivemos, com vocabularios decentes ao conversarmos uns com os outros. estude, leia, depois argumente. receber esse tipo de ofença me deixa triste, mas me da mais razao e forças para continuar seguindo o que Allah diz, sem permanecer nesse mundo caotico, agressivo e desmedido que vc tanto se orgulha, onde ao inves das pessoas abrirem um sorriso pro outro e dizer com todo carinho Salam Aleikum, elas nem olham uma pra outra, ou na maioria das vezes, matam, roubam, estupram por um olhar que nao as agradou. estude e aprenda a conversas primeiro, depois, faça seus questionamentos a qualquer muçulmano, mas de maneira decente e educada, garanto que vc sera respondida sem problemas... nao semeie o odio... ninguem planta odio e colhe amor, amizade. plante amor, conhecimento, e Allah estara no seu caminho. com certeza. Salam

PROFESSORA ÉRICA RENATA on 28 de novembro de 2010 10:33 disse...

A ignorância é sem dúvida o maior inimigo da humanidade. "Entristecedor" é observar em comentários de uma MULHER o que de fato nos traz atraso e confusão : ignorância.

Entristecedor e ridículo e, ainda, ler comentários tão contraditórios que mostram o menor conhecimento mesmo dentro daquilo que é citado como “direito”, pois ao dizer que o Islam tenta acabar como aquilo que demoramos muito tempo para conquistar vai contra o artigo terceiro dos próprios DIREITOS INTERNACIONAIS DA MULHER, isso ao discriminar aquilo que ela (cris godfrey) não conhece. Então só para esclarecer vejamos cuidadosamente o que no Islam já é fato a mais de mil anos para a mulher:

Segundo a ONU - Organização das Nações Unidas - os direitos das mulheres são:

• Direito à vida;
• Direito à liberdade e a segurança pessoal;
• Direito à igualdade e a estar livre de todas as formas de discriminação;
• Direito à liberdade de pensamento;
• Direito à informação e a educação;
• Direito à privacidade;
• Direito à saúde e a proteção desta;
• Direito a construir relacionamento conjugal e a planejar sua família;
• Direito à decidir ter ou não ter filhos e quando tê-los;
• Direito aos benefícios do progresso científico;
• Direito à liberdade de reunião e participação política;
• Direito a não ser submetida a tortura e maltrato.

Já em relação à confusão (não empregada pelo Islam, mas pela ignorância) entre cultura e religião e muito contraditório ler ofensas num país LAICO (Brasil) e, ainda, lembrar que o nosso país "Brasil" não tem nenhuma religião berço (a não ser dos povos indígenas), pois o catolicismo ,por exemplo , vêm do Oriente ( Jesus nasceu em Jerusalém(Israel), outro exemplo , é o protestantismo que nasceu na Alemanha e poderíamos relatar sobre muitas outras religiões, mas acho que como MULHER preocupada em ser atual e respeitada você mesma deve buscar o conhecimento antes de qualquer critica. Tratando do "atraso" podería citar muitas coisa, mas para não ser ainda mais extensa cito apenas o fato de há aproximadamente 700 anos atrás o Islam já ter dado o direito ao voto coisa que demorou para acontecer dentro dos nossos direitos.

Quanto a espaço, é realmente preocupante no Ocidente, visto que a maioria das mulheres só aparece se seguem estereótipos de beleza, ou se elas se expõem como frangos de padaria que precisam ser desejados para depois serem degustados como um pedaço de carne. Nessa constante a mulher muçulmana, graças a Allah (traduzindo:DEUS (em português)), é liberta, pois não se submete a mídia ou a qualquer tipo de exposição manipulista da mídia, ou de empresas que ganham com isso. Mas, acima de tudo "respeita a escolha de cada uma" e não fica por aí apontando o dedo e dizendo: olha como aquela se expõe...olha como a outra se insinua... enfim, é respeitado o DIREITO DE SER LIVRE E OPTAR PELO QUE QUISER PARA SUA VIDA!
Então, " TRISTE" é observar que atraso e confusão é fruto da ignorância daqueles que insistem em se manter de olhos vendados simplesmente porque não buscam "o conhecimento"

ANTES DE CRITICAR: ESTUDE! BUSQUE O QUE É DIREITO SEU :"CONHECIMENTO". Pois, a única coisa que de fato temos é o conhecimento que buscamos no decorrer de nossas vidas!

Que Allah permita a todos, os que quiserem e buscarem, o esclarecimento das coisas! E que todos que assim o viserem possam ter seus olhos abertos para a verdade!

Muslimah on 28 de novembro de 2010 10:51 disse...

Vocês lutaram benhê, nós muçulmanas não tivemos que levantar um dedinho :D

Há 1400 anos nós deram o direito ao voto, a herança, a escolher com quem casar-se, ao divórcio, a permanecer com o nome de solteira, a trabalhar, a cuidar do próprio dinheiro sem ter que dar satisfação a nínguem, a possuir propriedades... Vixe, tantas coisas, por favor diga nos quando as ocidentais conseguiram esses direitos? :)

Aliás, já deu uma lidinha na Bíblia? Desculpe, mas não é o Alcorão que diz que a mulher deve permanecer calada e ela não tem direito de ensinar o marido e que quando ela está no período menstrual tudo que ela toca é impuro! Reveja seus conceitos. Ah e blogs como este existem aos montes inclusive o meu que te convido a visitar. Para constar, o Islam está avançando cada vez mais no Brasil. Há 10 convertidos ao Islam, 7 são mulheres. Te cuida!

Simplesmente muçulmana on 28 de novembro de 2010 18:36 disse...

Assalamu aleicum!
Sinceramente, o que mais me chama a atenção nem são as palavras usadas para atacar a cultura alheia ou a nossa religião. O que mais me preocupa é como essa moça fala. Ela mostra tanta agressividade por nada. Simplesmente chega e fala esse monte de coisa como se tivesse com raiva do mundo. Que DEUS (louvado seja) tenha misericórdia dela e lhe abra os olhos para a senta reta. Ela deve estar passando por um momento muito difícil ou ter muitos problemas. Se ela puder conhecer o Islam de verdade, com certeza, terá o conforto em seu coração. Não sabemos como e o que ela soube da religião, mas podemos mostrar-lhe tentando esclarecê-la e agindo de forma diferente, lhe respondendo sem a grosseria que talvez seja só o que ela tenha ouvido até hoje.
Que a paz esteja com vocês!

Kyara on 28 de novembro de 2010 20:13 disse...

Olha eu sinceramente posso postar como parte dos dois lados.Fui catolica desde que nasci e depois de 25 anos me encontrei no Islam e decididamente essa menina assim como outras que não tem crenças nem amor proprio postam besteiras. Durante todos estes anos de estudo querendo saber mais do Islam de toda a cultura, educação, direitos e deveres percebi que não existe outra religião outra cultura que te ofereça paz, amor, proteção e Verdade mais que a muçulmana nos proporciona.E sobre o véu que utilizamos, vamos pensar as freiras da religião catolica não cubrem a cabeça? e os protestantes não cubrem o corpo? então o que há de errado querermos nos preservar? Bom acho que não preciso dizer mais nada todas vocês irmãs disseram muito e se a ignorância desta pobre criança permanece não há muito a fazer. Salam!!

ptorga on 29 de novembro de 2010 02:31 disse...

Assalamo aleikum queridas!
Penso que a agressividade do comentário nasce de uma visão fragmentada e iludida de que a luta pela liberdade realmente trouxe consquistas profundas e duradouras e a satisfação de poder ter as próprias escolhas.... mas sabemos que a nossa sociedade machista, machista sim e hipócrita, subjuga a mulher, não a dignifica e mantém uma chaga moral que dói quando vê que o contrário do que se defende é capaz de trazer felicidade, paz e tranquilidade emocional.
Uso o hijab e com orgulho de ter, ao contrário do que se pensa, amadurecido meu sentimento que me guiou a usá-lo e de ter optado por uma religião capaz de propor uma mudança de vida integral em direção ao que realmente importa!
E olha, não foi fácil, foi preciso determinação e convicção porque moro em uma cidade extremamente católica e sou a única que usa o hijab, elhamdolillah!
salam a todas!

Gisele Marie on 30 de novembro de 2010 12:10 disse...

Ah sim, liberdade é ser OBRIGADA a permanecer exposta feito carne no açougue para ser consumida o tempo todo, liberdade é ser OBJETO DE DEGRADAÇÃO em propaganda de cerveja, em desfile de escola de samba, liberdade com certeza na concepção dela é SER OBRIGADA a consumir tudo! Até a última gota de sangue, consumir e devorar o próprio corpo, e dar de consumo para todos e para tudo, sem direito a se reservar, se preservar, se valorizar, e no fim perceber que nenhum valor humano lhe é atribuído, que é PEÇA! OBJETO DE PRAZER, DOS OUTROS, e OBJETO DE DECORAÇÃO! hum hum!? Sei...

Agradeço a Allah todos os dias, a dádiva de ser muçulmana, e peço sempre a Ele para ser apenas uma boa muçulmana, e como tal terminar meus dias aqui na terra!

Sarah on 1 de dezembro de 2010 04:24 disse...

Eu sou muçulmana e sou livre,tenho meus direitos como qualquer mulher!
Hoje sou biomédica,faço o que quero dentro do respeito por Allah...NINGUÉM DEVE JULGAR SEM ANTES SABER.

cristiane on 1 de dezembro de 2010 14:07 disse...

confesso que antes de conhecer um mulçumano que com quem hoje sou casada tambem pensava dessa forma retrograda como essa menina por falta de conhecimento ou ate mesmo ignorancia da minha parte mais depois que me converti por livre e espontanea vontade e nao pelo marido,aprendi muitas coisas boas e vi que a religiao islamica e a religiao que mais da direitos as mulheres,as pessoas confundem a nossa religiao com terrorismo e cultura,infelizmente julgam sem ao menos pesquizar sobre o assunto,nao faço nada por obrigaçao,simplismente porq amo a Deus.

angelo on 2 de dezembro de 2010 06:39 disse...

FIQUEI SURPRESO AO LER UM COMENTÁRIO ESCRITO COM PALAVRAS DE TÃO BAIXO NÍVEL. INFELIZMENTE PARECE QUE EXISTEM PESSOAS (QUE SE DIZEM PERTENCEM AO GÊNERO HUMANO) QUE NÃO SE DÃO CONTA DE QUANTO ESTÃO AFUNDADAS EM UM MAR DE CORRUPÇÃO, DE PROMISCUIDADE, DE DETURPAÇÃO. UM SER HUMANO, QUANDO CHEGA NESTE ESTÁGIO, INFELIZMENTE POSSUI SOMENTE UMA LINHA A SEGUIR, O ÓDIO. ESPERO QUE ESTA PESSOA POSSA SE CONSCIENTIZAR DE QUE OS CHAMADOS "AVANÇOS" CONSEGUIDOS PELA DETURPADA IDÉIA DE REVOLUÇÃO OU CONQUISTAS DOS DIREITOS FEMINISTAS, TROUXE ÀS MULHERES SOMENTE DESGRAÇAS. PODEMOS OBSERVAR ISTO NO DIA A DIA, CADA VEZ MAIS MULHERES SE PROSTITUINDO NAS RUAS, MÃES SOLTEIRAS, CADA VEZ MAIS MULHERES VICIADAS EM ALGUM TIPO DE DROGA, SEJA LÍCITA OU ILÍCITA, FILHOS SEM UM LAR COMPLETO, ETC, ETC, ETC. AO QUE ME PARECE A PESSOA QUE ESCREVEU DESTA FORMA TÃO BAIXA SEUQER DEVE CONHECER SUA PRÓPRIA ORIGEM, NÃO RESPEITA SEUS ANCESTRAIS, SEQUER SEUS PAIS, QUE PENSO LHE DERAM UMA EDUCAÇÃO, MAS PORÉM, A TAL REVOLUÇÃO FEMINISTA ARRANCOU-LHE TUDO ISTO, LHE DEIXANDO SOMENTE A PARTE NEGRA QUE INFELIZMENTE HÁ NOS HUMANOS, E QUE LASTIMAVELMENTE AFLORA DEMAIS NESTE SER.

cris godefroy on 4 de dezembro de 2010 11:39 disse...

Olha que minha primeira intençao quando postei esse comentario era esse mesmo, deu certo, estimular raivas, BINGO!!!!!, com isso eu acreditei , criei uma ilusao de que voces poderia realmente ser capazes, pelo menos em plena explosao de colera de se inspirar, tirar do mais profudo senso de criatividade, intelectualidade, um comentario com argumento realmente interessante, coerente, sem o clichê das frases taxativas, como:
_"uso o hejab pois sou Livre"
_"NINGUÉM DEVE JULGAR SEM ANTES SABER."
_"E sobre o véu que utilizamos, vamos pensar as freiras da religião catolica não cubrem a cabeça? e os protestantes não cubrem o corpo?" ( para mim esse é o melhor rsrsrs...)

E outros que nem li todos porque sao muito repetitivos, e desinteressantes; Pensei que iria ler algo diferente de tudo isso, que estou cansada de escutar um muçulmano falar, ,discursos mais elaborados de quem tem cabeças verdadeiramente pensantes, e intelectualizada com poder de realmente convencer alguem, questionativo, como eu e muitos
Mais infelizmente tenho que confessar foi inutil mais uma vez, inocente foi eu de achar que gente como voces seriam capazes disso, se ja se converteram o islam, e a prova de que o nivel intelectual e baixo mesmo.

minhas sinceras frustraçoes
meninas

Cris godefroy

Fay.Z on 4 de dezembro de 2010 13:50 disse...

Ai ai Sisters

Sem comentários
Bom, imaginem alguém que não tem o que fazer!!
agora visualizem... É Cris godefroy.

Raiva não senti, Cris Godefroy só comprova que Deus guia quem quer e desvia, da senda reta, quem quer.
A senda dos Muslims, que são todos aqueles que são submissos a Deus(Allah) diferente dos Haters.

Gisele Marie on 4 de dezembro de 2010 19:02 disse...

Cris Godefroy, você não é questionativa, você é pedante, soberba, e como tal nunca irá aprender, porque verdadeiro mestre é aquele que sempre se coloca como aprendiz, uma pessoa que sempre está aberta à construção do conhecimento, que anseia por conhecer o novo, por conhecer o outro, com ele aprender sim, e se permitir modificar, você é apenas alguém que se fecha para o desenvolver-se, sobe em seu salto do auto-convencimento, e nunca cresce.

Nem sequer escrever corretamente você sabe, que instrumentos intelectuais esperar de uma pessoa assim?

Você é apenas mais uma escrava do consumismo, das idéias de cartas marcadas e dirigidas, dos arquétipos sociais do pré-concebido por outrem, por seus Donos humanos, dos estereótipos saturados, apenas isto.

Alguém que necessita do cabresto da padronização mandada, para se sentir inserida, que não consegue ser você mesma, nem diferente, uma pena, uma pena mesmo, sinto pena de você.

Que Allah tenha misericórdia da escuridão de sua alma.

Maryam Pinto on 5 de dezembro de 2010 05:32 disse...

Cris godefroy: _"E sobre o véu que utilizamos, vamos pensar as freiras da religião catolica não cubrem a cabeça? e os protestantes não cubrem o corpo?" ( para mim esse é o melhor rsrsrs...)
Ya veo que para voce o melhor e não cobrir o corpo pois de q voce viviria? ta visto mais claro que voce so inspira pena, ya q sem mostrar seu corpo não saldria adiante para nada ...meus mais sinceros pensame menina, ja que por dentro voce esta morta e com uma alma mas podre ainda... so me resta pedir que ALLAH O CRIADOR E DADOR DE VIDA TENHA MISERICORDIA DE VOCE E DE TODA SUA FAMILIA...

Maddah on 9 de dezembro de 2010 12:20 disse...

CRIS GODEFROY, PRESTE ATENÇÃO NO QUE VC DIZ, AQUI TODAS SÃO PESSOAS FORMADAS, ESTUDADAS NINGUEM É IGNORANTE COMO VC SUGERI, SOMOS PENSANTES E POR ISSO DENTRO DE UM PAIS LIVRE COMO O BRASIL FIZEMOS A OPÇÃO PELO ISLAM, VC NÃO É OBRIGADA A GOSTAR OU ACEITAR O ISLAM´, MAS É DIGNO QUE VC RESPEITE, NÃO SO A RELIGIÃO COMO OS SEUS SEGUIDORES. NÃO ESTAMOS AQUI OFENDENDO NINGUEM PELO CONTRARIO SOMOS DIGNAS E RESPEITAMOS O SER HUMANO DE UMA MANEIRA GERAL.
AGORA VC ESTA SENDO PRECONCEITUOSA O QUE NÃO É LEGAL PARA UMA PESSOA TÃO INTELECTUAL COMO VC SE DIZ SER. ASSALAMU ALEIKUM QUE ALLAH TENHA PIEDADE DE VC

Pâmela Y. on 9 de dezembro de 2010 20:19 disse...

Salam irmãs,

minha avó, certa vez, proferiu um dito em minha presença e nunca mais o esqueci... creio aplicar-se muitíssimo bem a esse show de tacanhez executado por essa senhora:

"À CARTA RUIM NÃO SE DÁ RESPOSTA"

;)

Salwa on 10 de dezembro de 2010 14:32 disse...

HONESTAMENTE que Deus não tenha pidade de você. E Ele não terá porque você é uma incrédula, ignorante, estupida. Tu não enchergas um palmo a tua frente mulher!
E todas nós defendemos nossa religião com furia simmm, pois nao temos sangue frio como gente da tua láia.
Quem é você pra falar de cabeças verdadeiramente pensantes minha filha, nesse país onde não se conhece o significado de conhecimento e respeito, quantas mulheres você conhece que tem PHD? no oriente médio onde a religião islâmica predomina se encontra mulheres com doutorado e phd aos montes!!! Na minha família mesmo tem umas 6, no mínimo!!!
A questão é que aqui as mulheres se contentam em serem taxas como prostitutas, e serem reconhecidas pela bunda grande e se gabam por terem dormido com uma tonelada de homens. Nós nos damos ao respeito, nossos homens nos respeitam, você não sabe nem nunca saberá oque é isso. Morrerá nessa ignorância vergonhosa que não se intimida em expor...
Coitada de você, uma incrédula, idólatra. Hoje você não sabe o peso disso, mas quando morrer saberá...

samaramaluf on 15 de dezembro de 2010 07:00 disse...

Oi... Eu sou uma das que tem o perfil Lindas e Maravilhosas muçulmanas... Nossa fiquei muito ofendida com o que foi postado... Não se importe não com o comentário, para começo a pessoa é tão burra, que nem acento nas palavras sabe colocar! Acho que todos deveriamos respeitar as crenças e culturas um do outro... Deus é o único fim de todas as religiões e cada um segue aquilo que considera correto, sem ter necessidade de atacar ninguém... Até a Idade Média a mulher era tratada muito mal, apenas com as cruzadas é que nasceu o cavalheirismo, o cuidado com sua dama entre muitas outras coisas... Assim, se nossa cultura é tão ruim, porque demos tantas contribuições! As pessoas apenas vêem um lenço, o que é uma bobeira! Este lenço é nossa forma de seguir uma fé e cada um tem o seu modo de seguir a sua! Mulheres da Cristã do Brasil tem cabelos enormes, é sua forma de lenço, nem por isso são condenadas! Apenas usam saias tb! Cada um a seu modo segue aquilo que acredita! Temos nossa cultura, mas vivemos do nosso jeito e cada um acha o que é bom para si! Cresci assim e é dificil mudar! Agora se ser livre é dar para todo mundo, mostrar minha bunda, meus peitos, etc...o conceito esta invertido, porque liberdade não tá na roupa, no mostrar ou não o cabelo, mas naquilo que tenho liberdade de aprender, escolher, falar, rir, ser feliz... Ser livre é sentir que algo te faz bem! Então se a liberdade para uns pode ser usada de um jeito, para outros é usada de outro.. Bjo minha querida e muitaaa força.. liga não..

samaramaluf on 15 de dezembro de 2010 07:13 disse...

Nossa.. olha eu aqui de novo! Não tinha visto outro depoimento da Cris.. Ah Fay, nem fique triste não.. Eu li também e nem levo em consideração, já que ela fala tanto de que somos "sem mente pensante" que é até cômico, porque ela tem mais erros de português que criança do Ensino Fundamental, pois não acentua uma palavra, esquece o plural rsrs... então uma pessoa assim dispensa comentários ou argumentos de defesa... Em uma postagem ela diz não entender o que dizemos e que não a convencemos, mas acho que ela tem um problema grave para não entender... kkkk.. é analfabeta funcional! rsrs.. Escreve, mas não tem capacidade de interpretação kkkkk e compreensão... Só rindo mesmo! Bjo

cris godefroy on 16 de dezembro de 2010 08:04 disse...

Vivo na França, uso um teclado françes, por isso nem todas acentuaçoes podem ser colocadas quando escrevo portugues meninas.

Désolé au revoir

Górgørα...♥ on 1 de janeiro de 2011 13:12 disse...

A diferença de uma pessoa que se cobre, de uma pessoa que não se cobre, só tem um nome:RESPEITO.

Gisele Marie on 2 de janeiro de 2011 05:35 disse...

"Vivo na França, uso um teclado frances..."

Ah sim, e este teclado entra pelos seus dedos e se conecta ao cérebro, sendo então responsável pelos seus erros de português?

Rs... só rindo mesmo, me faz sentir "vergonha alheia" por sermos da mesma área profissional...

Ursinhu da Juh =] on 2 de janeiro de 2011 17:08 disse...

Calma meninas!!!
Esse tema sobre roupas sempre irá dar muita confusão e nada se soluçãO. Pra mim roupa nunca foi capaz de dizer nada a respeito de ninguém, quanto mais se passam os anos mais teorias são criadas e polemicas aparecerão. Porque se fosse para seguir realmente o exemplo, os homens não se vestiriam como se vestem hoje, afinal de contas, o tempo não passou só para as mulheres né rsrs. Então meninas roupa nos dias de hoje é o de menos, ninguém vai para o inferno porque usa ou não usa o véu. O diabo é quem fica se aproveitando disso pra colocar um contra o outro em discussões que não provam nada a ninguém.
Vamos orar todas juntas e pedir pra DEUS tocar no coração de cada uma a respeito das coisas que agrada a ELE ou nao. Eu por exemplo não me sinto bem saindo de roupa curta na rua e nao me sinto bem usando brinco,no entanto, não jogo areia no brinco e na roupa dos outros.
Vamos tomar cuidado meninas o que o inimigo quer é isso mesmo, causar intrigas, brigas entre as pessoas por causa de pedaço de pano, nao vamos dar lugar pra ele nao =].


Bjuuu
Fiquem com DEUS =]

Souk Brasil e Cia. on 4 de janeiro de 2011 12:34 disse...

Olha... sem palavras...
Amei.
Obrigada!
Salam Waleikom
Halima

samaramaluf on 5 de janeiro de 2011 15:04 disse...

Af... "Eu moro na França" rsrs... Ela é brasileira, na França ou não... rsrs... Bom.. se é que esta na França... rsrs... Se não estiver em "Franca" rsrs... Brasil... Meu amigo mora no Japão e o pc dele é de lá e ele costuma acentuar... rsrs... Bom, nem vou discutir, mas que se o teclando não acentua, o cérebro dela come letras das palavras em português rsrs... Que coisa!! rsrs... Ah.. desde quando também "francês" é com Ç... rsrs... Ela escreveu com "ç" rsrs... com certeza no teclado "francês" tem "C"... Depois nós que somos desprovidas de inteligência só porque temos cultura e fé diferentes! Affff...

Estela Cauri Torres on 10 de janeiro de 2011 03:18 disse...

Cris Godefroy, sou católica e adoro ESTUDAR, conhecer outras culturas, e acho que só não respeitamos aquilo que não conhecemos. Eu respeito o Islam à medida que vou conhecendo os detalhes desta religião. Por que você não ESTUDA? Informe-se melhor sobre as coisas que deseja comentar.

Erica Helena on 14 de janeiro de 2011 12:07 disse...

Salam Waleikon...

Não sou islâmica. Mas estudo sobre a religião.

Acredito que é assim mesmo.
O inimigo de DEUS usa muitas formas de manchar a imagem de DEUS e de seus seguidores, de todas as formas. Algumas pessoas, infelizmente são usadas e nem percebem disso.

Dizer que uma pessoa é mais ou menos só por sua crença é um absurdo. Eu não sou mais do que o islã ou o islã não é mais do que eu só porque sou cristã. Acreditamos no mesmo DEUS, temos a mesma linha de raciocínio. Queremos um dia estar no paraíso (e isso não tarda).
E todos nós viemos do pó e do pó voltaremos.

Eu tenho a certeza que voce Cris godefroy (se acredita em ALLAH/DEUS), voce almeja ir para o Céu. DEUS/ALLAH não vai criar um Céu para mim ou para voce, ou para fulana, só para nos agradar. Haverá um lugar onde iremos nos reunir. E a união começa aqui. Se voce tem esse pensamento. Só lamento, pois percebo que voce poderia usar o seu tempo para o bem e para DEUS.

Esqueça religião nesse breve momento e pense em DEUS. Agora imagine se Ele está contente por sua atitude? Querendo ou não, todo nós somos filhos dEle.
Existe um pai (que realmente seja pai) e que ame os seus filhos, vai gostar de vê-los brigando e virando as costas um para o outro???? Voce ficaria contente de ver o seu filho brigando e ofendendo o seu outro filho??? Certamente que não.

Voce ensinaria AMAR, RESPEITAR E AJUDAR.
Aquele que não ama, não conhece O Criador. Pois Ele é amor.

Fica na paz!!!

May on 13 de fevereiro de 2011 18:19 disse...

como não muçulmana, só dá pra dizer que essa pessoa é doente.

Sara on 5 de março de 2011 15:02 disse...

O que eu tenho a dizer a ela é que a Constituição brasileira condena e considera crime o racismo e discriminação nos espaços públicos.

LEI N. 9.459, DE 13 DE MAIO DE 1997

Altera os artigos 1º e 20 da Lei n. 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, e acrescenta parágrafo no artigo 140 do Decreto-Lei n. 2.848, de 7 de dezembro de 1940.

O Presidente da República:

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Artigo 1º - Os artigos 1º e 20 da Lei n. 7.716, de 5 de janeiro de 1989, passam a vigorar com a seguinte redação:

"Artigo 1º - Serão punidos, na forma desta Lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional."

"Artigo 20 - Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

Pena - reclusão de um a três anos e multa.

§ 1º - Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fim de divulgação do nazismo.

Pena - reclusão de dois a cinco anos e multa.

§ 2º - Se qualquer dos crimes previstos no caput é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza:

Pena - reclusão de dois a cinco anos e multa:

§ 3º - No caso do parágrafo anterior, o juiz poderá determinar, ouvido o Ministério Público ou a pedido deste, ainda antes do inquérito policial sob pena de desobediência:

I - o recolhimento imediato ou a busca e apreensão dos exemplares do material respectivo;

II - a cessação das respectivas transmissões radiofônicas ou televisivas.

§ 4º - Na hipótese do § 2º, constitui efeito da condenação, após o trânsito em julgado da decisão, a destruição do material apreendido."

Artigo 2º - O artigo 140 do Código Penal fica acrescido do seguinte parágrafo:

"Artigo 140 - (...)

(...)

§ 3º - Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem:

Pena - reclusão de um a três anos e multa."

Artigo 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Artigo 4º - Revogam-se as disposições em contrário, especialmente o artigo 1º da Lei n. 8.081, de 21 de setembro de 1990, e a Lei n. 8.882, de 3 de junho de 1994.

Portanto, respeite a etnia e a religião das pessoas. Você pode se complicar por causa desse ato.

Rai on 8 de maio de 2011 06:02 disse...

Ok... Isso foi intenso!
nunca fiquei tão chocada com a cara de pau de uma pessoa, como com essa aí!!!
E olha que nem muçulmana sou.
Gente, respeito é bom e todo mundo gosta!!!

Fay, seu blog é muito interessante e já tá favoritado!!!

Saudações do nordeste... =D

Wanessa on 8 de maio de 2011 09:40 disse...

Como postei em outro blog, as religiões vindas de Abrãao (Cristianismo, Judaísmo e Islamismo) acreditam em um único Deus, pregam a paz, o amor ao próximo e o amor a Deus acima de tudo.

Tenho que admitir que não conheço sobre os princípios da religião islâmica e o que ele diz sobre as mulheres. Por isso, já que foi abordado o tema, alguém poderia me esclarecer sobre o que diz o Alcorão a respeito da mulher poder trabalhar fora de casa em profissões, digamos, dominadas por homens, como a engenharia.

Pergunto isso porque sou engenheira e na minha profissão a presença de homens é maioria absoluta, apesar de que ultimamente isto tem mudado um pouco. Agradeço a quem puder me esclarecer. Obrigada.

A paz do Senhor a todos os povos!

Postar um comentário